Terremoto de 5,5 graus deixa três mortos e 182 feridos na Indonésia

Pelo menos 32 prédios desabaram em Lombok após terremoto

Tremor atingiu a ilha de Lombok, no centro do país, que foi palco de tragédia em 2018 causada por terremotos que deixaram mais de 500 mortos

Pelo menos três pessoas morreram e 182 ficaram feridas após um terremoto no domingo de 5,5 graus de magnitude na ilha de Lombok, no centro da Indonésia, que foi atingida no ano passado por uma série de tremores que deixaram mais de 500 mortos.

Os mortos são dois turistas malaios e um adolescente indonésio que foram arrastados por um deslizamento de terra junto com outras 36 pessoas na cascata Tiu Kelep, na base do vulcão Rinjani, que domina o nordeste da ilha, segundo informou hoje o porta-voz da agência de combate a desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

Centenas de prédios afetados

O terremoto provocou também o colapso de 32 prédios, cerca de 500 tiveram danos moderados e mais de 80 pessoas, 22 delas malaias, tiveram que ser retiradas dos arredores do vulcão.

O hipocentro foi a 23,6 quilômetros de profundidade e a cerca de 4 quilômetros a sudoeste da cidade de Sembalun Bumbung, no nordeste da ilha, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que registra a atividade sísmica mundial.


Terremotos em Lombok

Entre 29 de julho e 19 de agosto de 2018, uma série de tremores em Lombok, perto da ilha de Bali, deixaram 564 mortos e mais de 400 mil deslocados, a maioria deles após um devastador terremoto de 6,9 graus.

Após o primeiro terremoto no ano passado, mais de 500 montanhistas ficaram presos no vulcão Rinjani, que é uma das principais atrações turísticas de Lombok e o segundo mais alto da Indonésia (3.726 metros).

 

 

 

 

Publicidade

Curtiu nosso trabalho?

Clique nos botões e siga a gente nas redes sociais.