Rio permanece em estágio de crise após mais de 30 horas de chuvas

Cidade ainda possui bolsões d'água nas ruas JOSE LUCENA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO 10.04.2019

Temporal começou às 20h55 de segunda-feira (8) e deixou dez pessoas mortas nas zonas sul e oeste do Rio; previsão é de chuva moderada

O Rio de Janeiro permanece em estágio de crise desde a noite de segunda-feira (8), quando iniciou o temporal que deixou dez pessoas mortas, quedas de árvores e diversos pontos de alagamentos pela cidade.

Segundo o Centro de Operações Rio, os bairros que mais foram atingidos nesta madrugada foram Ilha do Governador, Tijuca e São Cristóvão, todos na zona norte do Rio.

Para esta quarta-feira (10), o dia terá céu nublado a encoberto, com chuva moderada a forte a qualquer momento do dia, além de vento fraco a moderado. A máxima prevista é de 29ºC na capital fluminense.

Vias fechadas

Nesta quarta-feira (10), ainda estão totalmente bloqueadas a avenida Niemeyer, nos dois sentidos; Alto da Boa Vista, também nos dois sentidos. A Grajaú-Jacarepaguá está parcialmente interditada no sentido Grajaú, entre o quilômetro 1 e o quilômetro 2, por causa de uma queda de árvore no local.

Algumas vias foram liberadas e o tráfego já está livre; são elas avenida Epitácio Pessoa; estrada do Galeão, na Ilha, zona norte; Grajaú-Jacarepaguá, nos dois sentidos, e avenida Brasil, na altura da Linha Vermelha, no Caju, zona portuária do Rio, e também na Rua Jardim Botânico, zona sul do Rio.

Mortes


Três pessoas morreram na zona oeste do Rio. Um homem morreu eletrocutado após tentar limpar o ralo de sua casa. Outra duas morreram afogadas.

Na zona sul, sete pessoas morreram. Três delas morreram soterradas após um deslizamento de terra no Morro da Babilônia, no Leme. Uma outra morte foi registrada na Gávea, de um motociclista que foi arrastado pela enxurrada.

Além disso, três pessoas morreram após o táxi em que estavam ter sido soterrado em Botafogo. No carro, estavam avó, neta e o taxista que tinham acabado de deixar um shopping center em meio ao temporal.

Aulas retornam

A Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) suspendeu as aulas na manhã desta quarta-feira (10). As atividades voltam à normalidade após o meio-dia. Já a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) suspendeu as aulas em sua totalidade.

O governo do Rio e a prefeitura comunicaram que as aulas retornam normalmente. Alterações serão comunicadas em suas redes sociais.

Curtiu nosso trabalho?

Clique nos botões e siga a gente nas redes sociais.