Ladrões deixam arma para trás após vítima reagir a assalto em Mogi

Ferroviário afirmou que foi abordado quando estava na Avenida Anchieta, ao lado da estação da CPTM.

Um ferroviário de 51 anos reagiu a um assalto, no distrito de Brás Cubas, em Mogi das Cruzes, na madrugada desta quinta-feira (20). A vítima contou à polícia que reagiu lutando e os ladrões fugiram, deixando a arma para trás.

Ele esteve no 2º Distrito Policial acompanhado de agentes de segurança da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) para informar o caso.

O ferroviário contou que por volta de 1h40 estava parado na Avenida Anchieta, ao lado da estação da CPTM, quando foi abordado por dois ladrões. Ele disse que um deles estava armado com um revólver.

Os criminosos anunciaram o roubo. O ferroviário afirmou que reagiu e lutou com os ladrões. Eles fugiram e deixaram o revólver no local.

A arma foi apreendida e encaminhada ao Instituto de Criminalística.

Publicidade

Curtiu nosso trabalho?

Clique nos botões e siga a gente nas redes sociais.