17
Dom, Fev

Bebê morre em hospital em Itaquaquecetuba depois de ser agredido pelo pai, diz polícia

Pai é preso suspeito de matar filho em Itaquaquecetuba-SP (Crédito: Reprodução/ G1)

Itaquaquecetuba

Criança de oito meses deu entrada com hematomas, mordidas e uma fratura exposta na costela.

 A Polícia Militar prendeu na madrugada desta terça-feira (4) um homem suspeito de matar o próprio filho, um bebê de 8 meses. A criança morreu no Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, onde deu entrada com sinais de agressão, como hematomas, mordidas e uma fratura exposta na costela.

Segundo a PM, a mãe socorreu o bebê e, ao ser questionada sobre os ferimentos, disse que não tinha conhecimento. Ela explicou para a polícia que pensou que a criança tinha sido agredida por seu outro filho, de 5 anos.

A mãe também contou aos policiais que o marido havia colocado o bebê para dormir e depois saiu para trabalhar por volta das 21h.

A PM destacou que a mulher afirmou que só percebeu os ferimentos quando foi amamentar o bebê. A Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram até a casa da família.

Segundo a PM, um dos filhos do casal de 5 anos declarou que seu padrasto batia em seu irmãozinho com tapas, socos e mordidas.

Os policiais relataram que encontraram na casa roupas sujas com sangue para serem lavadas. Os policiais foram ao local onde o pai do bebê trabalha, no limite entre Itaquaquecetuba e Arujá,.

O suspeito foi preso e encaminhado à delegacia. Os policiais relataram que o homem confessou que havia agredido o filho derrubando-o no chão e mordendo-o.

Ele teria dito ainda que agredia o bebê com frequência, porque o choro atrapalhava seu sono. O suspeito e a mamãe do bebê foram presos.

 

(Crédito: Hannah Mckay/Reuters)

 

Receba novidades por e-mail. É Grátis!

Curtiu nosso trabalho?

Clique nos botões e siga a gente nas redes sociais.