Polícia prende suspeito de receptar carga de botijão de gás roubada em Arujá

olícia apreende em Arujá carga de botijão roubada em Guarulhos nesta segunda-feira

Segundo a PM, carga seria levada para um depósito no Parque Rodrigo Barreto.

Um homem de 33 anos foi preso em Arujá, nesta segunda-feira (7), sob suspeita de receptação de botijões de gás roubados. Ele e mais três homens foram levados para a delegacia, mas apenas o motorista do caminhão ficou preso. O suspeito se apresentou como sobrinho do dono do depósito para onde a carga seria leva.

Segundo a polícia, os mais de 300 botijões seguiriam para um galpão no Parque Rodrigo Barreto, em Arujá.

Os policiais até os suspeitos depois de uma denúncia do dono do caminhão que tinha sido roubado em Guarulhos. Ele descobriu que o caminhão estava no bairro de Bonsucesso, foi até o local e acompanhou a ação de longe.

A vítima avisou a polícia e começou a seguir o caminhão, ocupado pelo motorista e outras duas pessoas. Na Avenida Mario Covas, em Arujá, a polícia interceptou o caminhão.

Segundo a PM, o motorista do caminhão Arnaldo Ribeiro da Silva, de 33 anos, se apresentou como o sobrinho do dono de um depósito de gás no Parque Rodrigo Barreto, para onde a carga seria levada. Os outros dois alegaram ser funcionários do depósito.

De acordo com o boletim de ocorrência, Silva admitiu que foi ao local por ordem do tio para buscar os botijões. Ele disse que a carga estava com um homem que ele não conhecia. Logo depois, esse homem saiu e o transbordo começou.

Além deles, o motorista de outro caminhão também foi levado para a delegacia. Ele foi encontrado descarregando outra remessa da carga no galpão.

De acordo com a PM, ele contou que presta serviço para o galpão e recebeu uma ligação do sobrinho do dono solicitando que ele fizesse o transporte da carga. O homem disse que foi até Bonsucesso e transportou 108 botijões.

Os quatro suspeitos foram levados ao DP de Arujá onde o caso foi registrado. Segundo a PM, a advogada do dono do depósito também se apresentou na unidade e informou que o cliente está em viagem pelo nordeste.

Ainda segundo a polícia, a vítima não reconheceu os suspeitos como autores do roubo.

No boletim de ocorrência, consta que Silva foi preso em flagrante. Já os outros suspeitos foram liberados.

Ainda segundo a polícia, embora eles estivessem no local do crime os suspeitos são funcionários e seguiam ordens do superior que é sobrinho do dono da empresa.

Publicidade

Curtiu nosso trabalho?

Clique nos botões e siga a gente nas redes sociais.